Significado de Psicologia Cognitiva




Existem diferentes ramos da psicologia, é a psicologia cognitiva. Este ramo tem como objeto de estudo a análise dos processos mentais. Essa ciência estuda diferentes níveis da mente: dificuldade para resolver, raciocínio abstrato, percepção, o desenvolvimento da linguagem, competências linguísticas e de tomada de decisão. Na história da psicologia cognitiva incluem alguns dos seguintes nomes: Endel Tulving, Donald Broadbent, Jerome Bruner, David Rumelhart, Herbert Simon, Alan Baddeley, Frederic Bartlett e Hermann Ebbinghaus.

Esta psicologia analisa o pensamento, o processo de assimilação de ideias e fontes de informação através de cognições. Por estes cognição, os seres humanos processam informações recebidas através dos sentidos. Além disso, também integra própria informação emocional e comportamental.

Estudo dos processos mentais

O ser humano analisados ​​a partir da perspectiva da psicologia cognitiva é como uma máquina que processa as informações e os dados classificados. Este ramo da ciência estuda os seres humanos colocando o ponto de atendimento nesses fenômenos que não podem ser observados visualmente. A essência do ser humano é na interioridade dos seus processos mentais.

Além disso, a psicologia cognitiva ganhou terreno a partir da força de perda conductimismo. Esta disciplina traça paralelos entre os processos de programas de computador com o processo mental. Esta disciplina tenta explicar a maneira pela qual os seres humanos podem compreender o ambiente que fazem parte e como tomamos decisões no contexto social e cultural.

Uma das razões para a crise do behaviorismo é que a sua visão reducionista dos seres humanos não explicar a sua essência ao nível do comportamento livre. Existem diferentes níveis de análise em psicologia cognitiva: receptor sensorial, memória imediata e memória de longo prazo.

Oposto vista behaviorism

Em oposição ao behaviorismo, psicologia cognitiva explica que o ser humano não é um mero sujeito passivo reage a resposta estímulos ambientais como seres humanos, mas como um homem livre é um criador de seu próprio agente de história.

O processo de conhecimento tem diferentes níveis. Em primeiro lugar, a atenção reflete assimilação de dados. Num segundo nível de codificação os dados ocorre. Numa terceira fase, importa alamacena informações. Tal informação é lá para ser recuperado e usado posteriormente.

Você pode gostar...